Tecnologia: O uso de drones no agronegócio.

Tecnologia: O uso de drones no agronegócio.

Tecnologia 27 Nov 2018

A tecnologia no agronegócio já começa a mudar os resultados das safras, aumentando a produtividade e reduzindo perdas no campo. Impulsionado por recursos como Internet, Tecnologia da Informação, Softwares, Inteligência Artificial, realidade virtual/aumentada e computação cognitiva.

 

O agronegócio vem adaptando sua estrutura (com interligação total do perímetro via internet e qualificação de mão de obra), no intuito de fortalecer sua competitividade no mercado internacional e tornar a produção mais sustentável e rentável, (mais produtividade por hectare plantado).

 

Segundo levantamento da Comissão Brasileira de Agricultura de Precisão (CBAP), 69% das propriedades agrícolas do Brasil usam algum tipo de inovação tecnológica em seus processos produtivos.

 

As inovações que surgem ano após ano, possibilitam ao produtor rural investir em tecnologias que permitam uma melhoria no seu negócio. Esse é o caso dos sistemas aéreos, como drones, VANTs e das câmeras multiespectrais, com os quais o produtor agrícola consegue impulsionar e fiscalizar toda sua área de produção.

 

O drone tem a capacidade de cobrir uma área maior sem que os custos por hectare sejam aumentados. Isso permite ganhar tempo, fornecendo uma coleta de dados mais precisa. Além disso, o produtor pode escolher uma câmera multiespectral que atenda suas necessidades, que pode ser acoplada de forma fácil ao aparelho de voo.

 

Com um mapeamento mais amplo das áreas de produção e captação de imagens, é possível verificar o surgimento de pragas e se há algum tipo de falha que necessite melhor controle no método de plantio.

 

Devido a quantidade de benefícios, os sistemas aéreos estão ganhando visibilidade no setor agrícola, permitindo que o produtor rural melhore seu trabalho e ganhe vantagens competitivas.

cardume.net | agência digital